terça-feira, 1 de fevereiro de 2011

Desejo



Ele: Não sei porque não gostas de mim!

Ela (nem responde)

Ele: Trato-te bem! Até aos teus pés já estive de joelhos!!!

Ela( continua no silêncio... mas apetece-lhe contar que às vezes a presença dele a tira do sério e que a aparente frieza é somente aparente... ela deseja-o!!!!)

7 comentários:

José Sousa disse...

Penso que é a primeira vez que venho até seu espaço. O que li, aqui, gostei e vou ser seu seguidor. Seja meu também em:

www.congulolundo.blogspot.com
www.minhalmaempoemas.blogspot.com
www.queriaserselvagem.blogspot.com

Um abração e tudo de bom.

Secreta disse...

As aparencias iludem... :)

Graça Pires disse...

Um poema sobre o desejo que retrata muito bem as relações amorosas.
Um beijo.

A.S. disse...

Liberta esse desejo que te arde na pele... Ah!...


Beijos,
AL

Pedro M disse...

Ahhh... as mulheres... tão complicadas... e ao mesmo tempo tão desejáveis...

Um beijo

sonho disse...

Duvido que deseje...porque se o deseja se não lhe mostrava tanta frieza...
Beijo d'anjo

Secreta disse...

Bom fim de semana. :)