segunda-feira, 8 de setembro de 2008

Alicerces - Parte III


... E o sol tenta aquecer-me, dar-me forças...

mas as feridas são profundas, há pedaços de papel a desfazerem-se,

o vento continua a lutar contra mim...

estou de rastos,desnorteada e perdida

sem norte... não sei onde estou

só sei como estou...

ao fundo e com a visão destorcida parece-me ver o sol...

o tal raio de sol que me protege,

que me aquece...

luto para que o esforço que o sol faz resulte...

peço a Deus, aos meus e Seus santos para que me levante,

... ... ...

Começo a ter força,

preciso de alimento...

E tu sol, alimentas a minha alma,

secas-me as feridas,

secas-me as lágrimas,

aqueces-me e eu sinto esperança,

esperança que os meus alicerces deixem de ser pedaços de papel

e voltem a ser folhas, depois de barro e por fim de ferro!

14 comentários:

sininho disse...

Sei o que sentes, hoje sinto me assim.. sem forças, sem vontade de levantar.. Dizem que temos dias assim, ultimamente tenho muitos.. A vontade de chorar é gigantesca contudo contida, para simplesmente os outros não perceberem, às vezes sinto me sem rumo, sem vontade.. Queria não pensar, mas não consigo.

Algodão doce disse...

Sei bem esse sentir, mas o tempo traz tudo até a força que parece ter acabado.
Um beijo e força

.::Borboleta::. disse...

de ferro nunca deveriam de ser, eu pelo menos sinto receio que de ficar tao forte deixe de sentir.
Mas que é necessária essa força para renascer, é sim...
adorei esta III parte
beijinho*

sininho disse...

Reparei que adoras o Sr. Nicholas Sparks, percebo o porque.. A minha mãe também é uma fá incondicionável, isto porque sempre permitiu sonhar, comecei também a ler os livros dele..

Faz te acreditar.. :)

Carla disse...

...como entendo o teu desejo, quando em muitas alturas da minha vida tudo parece papel ao vento
beijos

Lenore. disse...

que lindo , apesar de triste :s
força,
beijinho :)

João da Silva disse...

Lindo e suave... adorei!
Beijinhos!

Vanessa. disse...

' e eu sinto esperança, esperança que os meus alicerces deixem de ser pedaços de papel e voltem a ser folhas, depois de barro e por fim de ferro! '

E eu acredito que essa esperança te vai levar a vencer o teu objectivo minha querida :')

Camila Colossi disse...

' passando rapidaao :)

Poemar disse...

Bonita a tua ressurreição! Como a de fênix!

Beijos de mar!

Gerlane disse...

Quando se tem sensibilidade como a tua, garota, pode-se se alcançar o sol e o céu!

Beijos pra ti!

??? disse...

Ainda bem que tiveste coragem para reconstruir os teus alicerces:)
Á que ter forca, vontade de lutar por tudo o que se quer e deseja...mesmo que pareca dificil para tudo ha solução:)
Beijo doce...

O Profeta disse...

Que texto cara amiga...li com a respiração presa...

Doce beijo

Francis disse...

Uma questão de esperança, é a palavra chave, é o mote.